sábado, 5 de setembro de 2009


viver é delicado
argumento de samba
sentimento de fado


***


Um haikai é como uma fotografia. A imagem determina as palavras. Não tínhamos combinado o tema, como antes. Mas, o haikai e o desenho chegaram na mesma sintonia, como se estivesse tudo combinado previamente.

12 comentários:

lau siqueira disse...

Belo e triste, Luy...

Luyse disse...

Sim.
:/

Eveline disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Eveline disse...

Belo, triste... "fádico".Tudo isso torna a vida mais intensa e mais delicada.
Fazia tempo que não via um Haikai tão bom.
Para mim, o mais bonito do desenho é o olhar da moça. Acho que ela tem esse olhar porque durante o dia ela ouve o pandeiro e à noite, fado.
Parabéns, dupla dinâmica.
Bons ventos,
Eveline

Moama disse...

Quanta delicadeza e beleza...um tanto de samba, um outro de fado: não poderia haver melhor imagem para a representãção da vida em seu par de "contrários".

lau siqueira disse...

Mô, ama Bruno... :)
Foi pura sintonia com Luy, minha alma fêmea. A realidade é como certo tipo de shampoo: condiciona a dor. Imagens da humanidade que habita cada um de nós, nada mais. Não há drama nisso, apenas uma dose forte e amarga de realidade. Hay dias que no se lo que me pasa... não sou alegre nem sou triste, sou desenhista. como dizia um conhecidíssimo filósofo do qual esqueci o nome, "temos a arte para que a vida não nos destrua."

Erica Maria disse...

pq samba é o único ritmo que se fala de tristeza alegremente.
e pra ele, a tristeza não existe, e nossa vida podia ser um eterno desfile na sapucaí. Falar das dores rindo seria ótimo? Não sei, mas o samba me apetece.

Adoreiiii

Débora Gil. disse...

Todo perfeito.

Grabael disse...

Um Em.
Digno de moldura.

;]

Raphael disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Raphael disse...

O trabalho de vcs está cada vez melhor, parabéns!

Nietzsche disse algo parecido.

NDORETTO disse...

Que coisa, não li tristeza nisso! Li conversa boa,cuidados com o coração.(Não era assim?)

Neusa